terça-feira, 1 de setembro de 2009

Emmanuel Pahud


Indicado como Instrumentista do Ano de 1997, durante o prêmio Victoires de la Musique, em Paris, o flautista franco-suíço Emmanuel Pahud é considerado como um dos músicos mais interessantes e inovadores da atualidade. Nasceu em Genebra em janeiro de 1970 e começou a estudar música aos seis anos. Formou-se em 1990, recebendo o Primeiro Prêmio do Conservatório Nacional Superior de Música de Paris. Venceu várias competições importantes, entre elas o I Prêmio do Solistas da Rádio da Suíça, Prêmio da Fundação Yehudi Menuhin e da Tribuna Internacional de Músicos da Unesco. Aos 22 anos, foi nomeado primeiro flautista da Filarmônica de Berlim, cargo que manteve até agosto de 2000, quando decidiu concentrar-se na carreira solo, além de lecionar no Conservatório de Genebra. Entre alguns dos eventos de destaque da temporada 1999/2000 estão concertos com a Filarmônica de Berlim, Filarmônica de Londres, Tonhalle de Zurique, Orquestra da Suisse Romande, Filarmônica de Monte Carlo, além de recitais com o pianista Eric Le Sage. A temporada 2000/01 inclui concertos com a Bayerische Rundfunk – com Lorin Maazel –, Sinfônica de Tóquio, Berliner Barock-Solisten, Filarmônica de Strassburgo e mais recitais com Eric Le Sage nos Estados Unidos, Japão e Europa. A discografia de Emmanuel Pahud inclui Flötenmusik (prêmios Diapason d"Or na França e Fono-Forum na Alemanha). Em 1996, assinou um contrato de exclusividade da gravação com a EMI, cujo primeiro disco trouxe os concertos de Mozart, com a Filarmônica de Berlim e Cláudio Abbado (prêmios Disco do Ano – Revista Diapason, Gravação Favorita do Ano – Rádio France, Fono-Forum e Geijutsu da Indústria Fonográfica Japonesa). Gravou também o CD Paris, com o pianista Eric Le Sage (Disco do Mês – Revista Gramophone, Diapason d"Or – Revista Diapason). Os CDs mais recentes, com os Quartetos para Flauta de Mozart e outro com obras de Prokofiev, Ravel e Debussy, receberam aclamações da crítica: “melhor que qualquer gravação anterior dos quartetos (...) uma interpretação definitiva da Sonata para Flauta de Prokofiev” – BBC Music Magazine. A colaboração entre Pahud e a EMI inclui, no futuro, Bach, Vivaldi, Reinecke e Nielsen.

video

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...